Portal de Eventos - UEM, III Simpósio de Pós Graduação em Engenharia Urbana

Tamanho da fonte: 
UTILIZAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA PARA A REALIZAÇÃO DE MAPEAMENTO SONORO
Mariene Benutti Giunta, Lea Cristina Lucas de Souza, Marcia Thais Suriano, Eliane Viviani

Última alteração: 2013-04-02

Resumo


No Brasil, em geral, não há grandes preocupações com o ambiente sonoro no meio urbano, havendo necessidade de serem ampliados os estudos sobre o tema, como medidas preventivas e ações corretivas dentro do planejamento urbano. A utilização de mapeamentos sonoros no contexto urbano têm se mostrado promissor na quantificação de ruído, na avaliação da exposição da população, no desenvolvimento de cenários futuros através de modelagens e simulações, na identificação das áreas de conflito e na análise das soluções. Nesse sentido, este estudo aborda um mapeamento sonoro preliminar através de um Sistema de Informação Geográfica (SIG), buscando identificar áreas de maior conflito de uma cidade de médio porte no interior do estado de São Paulo, a cidade de São Carlos. Para isso foi selecionada uma área da cidade com maior diversidade de uso e ocupação do solo, bem como na altura dos edifícios. Nela foram selecionados 48 pontos em vias urbanas, posicionados em meio de quadras, para a coleta de dados acústicos e também de fluxo de tráfego. As coletas foram feitas em dias de semana (terça, quarta e quinta-feira) e em horários de pico, das 7h às 8h, das 12h às 13h e ainda das 18h às 19h. Todos os dados foram inseridos no SIG, utilizando-se do software ArcGis10. Explorando-se as potencialidades e ferramentas desse software, foi mapeado o ruído urbano da área de estudo, procurando efetuar uma análise com base nos dados coletados e levantamentos da caracterização do local. Os resultados indicaram que existem muitos pontos que estão acima das condições de aceitabilidade estabelecidas por normas técnicas. A ferramenta mostrou-se promissora para os estudos na área, no sentido de facilitar o entendimento da distribuição espacial do ruído na cidade.

Texto completo: PDF